sexta-feira, 31 de março de 2017

ALIMENTO = REMÉDIO = ALIMENTO

Trocar um remédio por um alimento é sabedoria!



 Ler em Português      Leer en Español




Uma frase que escutei muito, sobretudo em pessoas de idade, foi: "quase todo o meu dinheiro foi para a compra de remédios". E é natural que o nosso corpo comece a degenerar à medida que envelhecemos, mas não da forma como vemos hoje em dia.

O natural é que nossa luz brilhe até o último sopro de vida. Que sejamos avós saudáveis e felizes e não passar a metade do tempo tomando remédio e indo para o hospital.

Mas porque chegamos a este ponto? Claramente são as péssimas escolhas que fazemos durante anos e anos. Quando olhamos a comida, sempre escolhemos conforme os prazeres que ela proporciona e não conforme a sua necessidade nutricional.

Assim como na vida espiritual, sempre fugimos da dor e buscamos aquilo que nos dá mais prazer sem medir as consequências.

Renúncia, abstinência, jejum e mortificação. São palavras que não entram no vocabulário de muita gente, mas se você quer ser santo ou emagrecer está na hora de colocar elas no seu dia-a-dia.

Inicie devagar, não usa o WhatsApp por um dia, faz um jejum no outro e devagar vá treinando a sua força de vontade.

  
Expectativa x realidade com as dietas

As coisas não são como muitos dizem por aí. Basta você ter foco, força de vontade e tudo resulta. A verdade é que por anos treinou apenas os seus desejos e agora você quer que do dia para a noite a sua vontade esteja forte e treinada. Puro sonho! É necessário que você treine todos os dias, um dia de cada vez e vai ver que sua vida de oração, as escolhas que você faz todos os dias e a relação com as pessoas irão mudar muito. Também vai emagrecer e dar grandes passos na santidade.

Fazer essas pequenas mudanças em nossa vida pode parecer muito difícil a princípio, e de fato vai ser, mas a vida é feita de renuncias e sacrifícios e se você quer levar uma vida de santidade vão ser necessários tais sacrifícios.


Qual é o seu motivo?

Quando vivemos o sacrifício a partir do sacrifício ele vai ser difícil de se sustentar, mas quando o sacrifício tem um motivo a coisa é muito diferente.

A motivação que temos que ter é a busca de uma vida interior, sabedoria, paz de espírito. Para alcançar isso temos um modelo que é o próprio Jesus, ele conseguiu isso e pode nos ensinar. Temos também na Igreja os santos, que são pessoas que estiveram depois de Jesus e o seguiram, imitaram e conseguiram. Hoje são exemplos para todos nós.

Se você tem como motivação apenas emagrecer, posso dizer que você não vai conseguir ou, se conseguir, logo quando você alcançar essa meta ela acaba e você ganha tudo de novo.

Busque o motivo certo e ele tem que ser para a vida. O desejo que temos que ter em nosso coração é um desejo insaciável de ser um ser humano melhor. Isso engloba tudo na sua vida: espiritualidade, comida, religião, a forma de ver o mundo e de se relacionar com as pessoas.

Nesta semana busque a real motivação para tocar a sua vida e entrar de verdade em uma renúncia e abstinência de comida, não para perder peso mas para ser santos porque magro também tem que cuidar de todas essas coisas.

Termino com uma pergunta: Qual é o seu motivo?


Dica da semana
Como dica deixo uma lista de frutas da época no Brasil. Escolher essas frutas é a coisa mais inteligente a se fazer. Porque além de estarem mais baratas, levam menos fertilizantes e químicos que obrigam o desenvolvimento de frutas fora da estação.
Coma fruta, é mais saudável e mais barata que biscoito recheado com cara de criança :)
  • ·         Abacate
  • ·         Banana-maçã
  • ·         Caqui
  • ·         Jaca
  • ·         Kiwi
  • ·         Limão
  • ·         Maçã nacional
  • ·         Mamão
  • ·         Pera
  • ·         Tangerina
  • ·         Uva

      Texto da semana
    O texto da semana é uma guia alimentar para a população brasileira do Ministério da Saúde, que ensina como comer melhor e levar uma vida mais saudável. Esta guia pode ajudar a dar os primeiros passos para cambiar nossa conduta com os alimentos: Guia Alimentar para a População Brasileira

Nenhum comentário:

Postar um comentário